Outubro é o mês dedicado às missões. Clique aqui para ver uma seleção de músicas com esta temática.

Meu Deus, ó meu Deus, por que me abandonaste?

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

1. Meu Deus, ó meu Deus, por que me abandonaste?
Não acha este traste paz em seu lamento.
De dia eu não aguento de tanto chorar,
de noite a gritar e sem ter alento.

2. E tu, que estás no Trono assentado,
os pais no passado em ti confiavam;
quando eles chamavam, eram libertados,
assim confiados, não se envergonhavam.

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

3. Quanto a mim, sou u verme, um ente sem graça,
motivo nas praças de riso e galhofa.
E dizem com mofa: "Que Deus o liberte,
e o desaperte, se dele 'inda gosta!"

4. Por ti fui formado no ventre materno,
co'afago tão terno eu fui aleitado,
a ti consagrado, bem pequenininho,
e hoje, sozinho, e tão angustiado.

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

5. Me sinto cercado de touros ferozes,
me atacam atrozes, parecem leões,
Já se decompõe minh'alma partida,
qual cera vertida é meu coração!

6. Já sinto na goela o gosto da morte,
jogado à sorte de cães tão malvados,
em bandos irados, que eu perco a fala,
minha boca se cala, ninguém do meu lado!

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

7. Furaram minhas mãos, cravaram meus pés,
meus ossos, de vez, eu posso contar;
pessoas a olhar, mexendo as cabeças,
minhas vestes sorteiam e pegam a mangar.

8. Porém, meu Senhor, não fiques de fora,
me livra da hora, da facada certa,
dos dentes das feras, do lobo feroz,
da ira do algoz, minha vida liberta!

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

9. Vou anunciar teu nome aos irmãos,
e na reunião de ti vou falar...
Quem com Deus está, entoe o estribilho,
Jacó e seus filhos, num eterno cantar!

10. Deus não desprezou o pobre coitado,
ficou do seu lado, e ouviu seu clamor.
A ti meu louvor, em frente do povo,
renovo de novo meus votos de amor!

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

11. Os pobres famintos verão a fartura,
numa terra futura a Deus louvarão,
e os povos então, de terras distantes,
alegres, confiantes, pra ti voltarão.

12. És Rei e Senhor de todas as gentes,
da terra, os potentes, te adorarão,
a ti servirão os meus descendentes,
que és Justo, contentes, aos filhos dirão.

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

13. A Deus demos glória, ao Pai Criador,
e ao Libertador, seu Filho, Jesus,
ao Santo Espírito glorifiquemos,
na fé celebremos a glória da Cruz!

Meu Deus, ó meu Deus,
por que me abandonaste? (Bis)

Áudio

Nenhum comentário:

Postar um comentário