Eu vi novo céu, nova terra, eu vi

Eu vi novo céu,
nova terra, eu vi,
ó filhas e filhos do povo, eu vi! (Bis)

1. Pois o céu primitivo passou
e a terra de antes, também;
e esse mar que se via, afundou,
deles já não existe ninguém!
Vi descer lá do céu, lá de Deus.
Vi descer lá do céu, lá de Deus.
Uma nova cidade, também,
uma nova cidade, também. 
Pra o seu noivo enfeitada ela veio, 
pra o seu noivo enfeitada ela veio.
Jovem, bela, era Jerusalém!
Jovem, bela, era Jerusalém!

2. E do trono uma voz a bradar:
"Deus chegou para morar com seu povo,
seu barraco aqui vai levantar,
Deus da gente será Deus conosco!
Toda lágrima vai enxugar.
Toda lágrima vai enxugar.
E de morte ninguém mais ouviu,
e de morte ninguém mais ouviu. 
Todo grito de dor vai cessar,
todo grito de dor vai cessar.
O passado já era, sumiu!
O passado já era, sumiu!"

3. "Tudo novo eu estou a fazer,
coisas novas já vão existir,
pois de tudo eu sou 'A' e sou 'Z',
o princípio eu sou e o fim!
Quem tem sede vai logo beber,
quem tem sede vai logo beber.
Pois da fonte, água viva eu vou dar,
pois da fonte, água viva eu vou dar.
Quem vencer me terá como Deus,
quem vencer me terá como Deus. 
E meu Filho em herança será!
E meu Filho em herança será!"

Áudio

Nenhum comentário:

Postar um comentário